Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Terça, 05 Setembro 2017 16:37
INOVAÇÃO

Força-tarefa reúne órgãos para agilizar obra do Polo de Tecnologia da Informação

Secti, Itec, Fapeal, Serveal e representantes da Assespro estiveram no prédio nesta terça-feira (5)

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Força-tarefa busca agilizar obras do Polo para entrega entre 60 e 90 dias Força-tarefa busca agilizar obras do Polo para entrega entre 60 e 90 dias Ascom Secti e Itec
Texto de Geysa Miranda

Com uma edificação moderna, localizado em uma das áreas mais valorizadas da cidade – o bairro de Jaraguá – o Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics) será um ambiente para o fortalecimento das empresas locais e atração de novos empreendimentos de base tecnológica dos setores públicos e privados, universidades e centros de pesquisa, de forma a atender às demandas da sociedade alagoana.

Pensando em dar celeridade à obra – prevista para ser concluída no final deste ano – o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) está com uma força-tarefa para que o prédio seja entregue o mais rápido possível.

Nesta terça-feira (5), representantes do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec), Serviços de Engenharia de Alagoas (Serveal), Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) e Associação das Empresas Brasileiras de Software e Serviços e de Informática (Assespro) visitaram o Polo com o propósito de analisar os principais pontos para a fase de acabamento, a exemplo da instalação da rede elétrica e lógica do prédio.

O secretário da Secti, Regis Cavalcante, afirma que esse trabalho integrado vai possibilitar um avanço mais rápido nas próximas definições acerca do Polo, além de fortalecer as parcerias.

“Nossa vontade, assim como a do governador Renan Filho, é ver esse instrumento tão importante para o desenvolvimento econômico do nosso Estado funcionando em plenas condições e contribuindo diretamente com a produção de ciência e tecnologia, aumentando a competitividade das empresas. Esse trabalho em conjunto vai possibilitar que tudo isso seja feito com mais celeridade. Em paralelo, vamos trabalhar o modelo de gestão para que o funcionamento ideal seja garantido”, afirmou o secretário.

0509SECTIPOLO ASCOM1

Com o papel de fiscalizar e acompanhar os processos de cálculos, aditivos e apostilamentos de contrato, a Serveal garantiu que a obra tem condições de ser entregue dentro de um prazo de 90 dias.

“A obra está no seu estágio final, na parte de acabamento, pintura, forro e complementação das instalações elétricas. Apesar do período de chuvas excessivas, a obra já tem sua parte estrutural pronta. Nós temos acompanhando e, dentro do cronograma, acreditamos em um prazo de 60 a 90 dias para entrega”, disse o presidente da Serveal, Judson Cabral.

Já o presidente do Itec, Luciano dos Santos, ressaltou a importância dessa troca de informações entre o setor público e privado na finalização de um dos maiores pilares do setor de tecnologia em Alagoas. “É desse diálogo que sairão as melhores ideias para que a indústria de tecnologia cresça no Estado. Inciativas desse porte devem ser mantidas e ampliadas, porque é somando que vamos conseguir os melhores resultados”, ressaltou o presidente.